Sindicato dos Delegados de Polícia Federal do Estado de São Paulo

 

Artigos
NO DIA 12 DE MAIO, EM 1955, AS MULHERES PAULISTAS CONQUISTAVAM O DIREITO DE SEREM POLICIAIS.
-
Raquel Kobashi Gallinati
Presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia de São Paulo
Tania Prado
Presidente do Sindicato dos Delegados Federais SP e Diretora da ADPF – SP

No dia 12 de maio, em 1955, as mulheres paulistas conquistavam o direito de serem policiais.

Na data de hoje, 12 de maio, em 1955, o Estado de São Paulo criou o primeiro grupamento policial feminino de toda a América Latina. Há 65 anos, o Decreto 24.548, assinado pelo então governador Jânio Quadros, instituiu na Guarda Civil paulista, o Corpo de Policiamento Especial Feminino. Garantir às mulheres o direito de exercer a atividade policial foi um verdadeiro marco na emancipação feminina e na luta pela igualdade de direitos, sem distinção de gênero.
No texto do decreto, encontramos trechos que apontam para o futuro de igualdade entre homens e mulheres, que ainda hoje lutamos diariamente para consolidar em nossa sociedade.

- “Considerando já estar reconhecida e proclamada, em definitivo, em nossos dias, a capacidade jurídica e intelectual da mulher de lutar, ao lado do homem, nos mais variados setores da atividade humana;”

As 13 mulheres policiais pioneiras do Estado de São Paulo tiveram que superar a desconfiança de setores da sociedade e piadas jocosas sobre o primeiro policiamento.

O primeiro objetivo das policiais femininas seria a atuação em casos envolvendo violência contra mulheres e crianças. Foi o primeiro passo para que as mulheres ocupassem postos de destaque nas forças de segurança de todo o Brasil.

Aos poucos, o exemplo paulista foi seguido pelos demais estados brasileiros, que passaram a permitir o ingresso de mulheres.

Em 1974, Ivanete Oliveira Velloso foi a primeira mulher aprovada em concurso da Polícia Civil de São Paulo e empossada para o cargo de delegada.

Ainda hoje, as forças de segurança são instituições predominantemente masculinas, mas cada vez mais as mulheres estão ocupando seu espaço tanto no combate à criminalidade nas ruas quanto nos postos de comando das polícias.

Para reforçar a presença feminina, criamos no ano passado o movimento “Mulheres na Segurança Pública”, com o objetivo de respeitar as especificidades das nossas atividades, como a gestação e a maternidade, e incentivar que mais mulheres ingressem nas policiais e ocupem cargos de comando nas instituições.

O machismo e o preconceito na polícia perdem espaço a cada dia, sempre que uma mulher policial mostra o seu valor e a sua capacidade de trabalho.

As dificuldades e os desafios da carreira policial ainda existem, atingindo tanto homens quanto mulheres.

Mas hoje, 12 de maio de 2020, vamos homenagear as 12 policiais e a sua comandante, que há 65 anos romperam a barreira do preconceito e com muita honra vestiram pela primeira vez o uniforme de policial no nosso país. Ou, como foram chamadas na época, “as 13 mais corajosas de 1955”.
https://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/no-dia-12-de-maio-em-1955-as-mulheres-paulistas-conquistavam-o-direito-de-ser-policiais/
12/5/2020

 

 

Artigos Anteriores
23/6/2020 - A PREVENÇÃO AO USO INDEVIDO DE DROGAS COMO MEIO PARA REDUÇÃO DO NARCOTRÁFICO
12/5/2020 - NO DIA 12 DE MAIO, EM 1955, AS MULHERES PAULISTAS CONQUISTAVAM O DIREITO DE SEREM POLICIAIS.
5/5/2020 - A AUTONOMIA DAS INSTITUIÇÕES
28/4/2020 - UMA LEALDADE ‘UM POUCO ACIMA’
15/4/2020 - O REFÚGIO INDEVIDO NA MIGRAÇÃO ILEGAL
31/1/2020 - A POLÍCIA FEDERAL E O COMBATE AO CORONAVÍRUS
26/12/2019 - JUIZ DAS GARANTIAS TRAZ EQUILÍBRIO ÀS PARTES QUE COMPÕEM PERSECUÇÃO PENAL
20/11/2019 - A TECNOLOGIA COMO ALIADA DA SEGURANÇA E DO COMBATE AO CRIME ORGANIZADO, POR TANIA PRADO
1/10/2019 - AUTONOMIA DA PF: DEMANDA ANTIGA, NECESSIDADE MAIS URGENTE QUE NUNCA
15/7/2019 - ''BOLSONARO NÃO NOS TRATOU COM JUSTIÇA'', DIZ PRESIDENTE DA ADPF
17/6/2019 - QUESTÕES NÃO FALADAS SOBRE A REFORMA DA PREVIDÊNCIA
20/5/2019 - O PACTO ENTRE O ESTADO E A POLÍCIA NÃO PODE SER QUEBRADO
13/2/2019 - EQUIPES DE INVESTIGAÇÃO CONJUNTA
22/1/2019 - O TRABALHO DE DELEGADO DE POLÍCIA FEDERAL
17/10/2018 - FAKE NEWS E SEUS REFLEXOS ELEITORAIS
14/7/2018 - ASPECTOS HISTÓRICOS, ADMINISTRATIVOS E CRIMINAIS DO PORTE DE ARMAS DE FOGO
29/6/2018 - MILTON FORNAZARI JUNIOR: DESOBEDIÊNCIA INTERNACIONAL
29/6/2018 - A VIOLÊNCIA COTIDIANA E A NECESSIDADE DE REVISÃO DO SISTEMA PENAL BRASILEIRO
9/6/2017 - PECULIARIDADES DA SEGURANÇA PÚBLICA DEVEM SER CONSIDERADAS NA REFORMA DA PREVIDÊNCIA
2/6/2017 - COMO FICA A PENSÃO POR MORTE APÓS A LEI Nº 13.135/2015?

ENTIDADE PARCEIRA

DIRETORIA REGIONAL
SÃO PAULO

MEMBRO DA FENADEPOL

 FEDERAÇÃO NACIONAL DOS DELEGADOS DE POLÍCIA FEDERAL


 
Sindicato
Notícias
Social

Atividade Sindical

Histórico
Objetivos
Estatuto
Diretoria
Localização
Artigos
Na Mídia
Publicações
Últimas Notícias
Vídeos
Segurança Pública em Debate
Convênios
Fotos
Aniversariantes
Agenda Parlamentar
Advogados de Plantão
Atualize Seu Cadastro
Eventos
Sindicalize-se
TEL e WHATSAPP  Teletrabalho COVID-19
Das 9h às 17h
 Dias Úteis - Segunda a Sexta-Feira
(11) 98733-0388
11 98415-6142
Sindicato dos Delegados de Polícia Federal no Estado de São Paulo
Av. Santa Marina, 586 - Água Branca - São Paulo - SP - 05036-000
Telefone: (11) 3611-8160 - Fax: (11) 3611-2980
www.sindpfsp.org.br -
sindpf@sindpfsp.org.br

Política de Privacidade

Webdesign: Luiz Carlos Cichetto - (16) 99248-0091